O maior erro que uma pessoa comete na vida sentimental

O maior erro que uma pessoa comete na vida sentimental

O maior erro que uma pessoa comete na vida sentimental Hoje minha vida sentimental é muito feliz, graças a Deus, e cada dia tem melhorado mais…

Mas antes de chegar até aqui, sofri muito.

Conto isso em detalhes no último capitulo do meu livro digital “60 Dias para ser a pessoa

certa”. A questão é que cometi muitos erros.. Um deles, humanamente falando, foi o maior de

todos: NÃO ME VALORIZAR.

Sempre me sujeitei a tudo que faziam comigo. Nunca me posicionava e praticamente aceitava

sofrer. Eu não via meu valor… Saia com várias mulheres e não percebia que isso me impedia

de ser feliz. Eu não percebia que se eu quisesse encontrar um amor pra vida toda, precisava

me comportar da maneira como eu gostaria que alguém se comportasse para ser minha

namorada, esposa, etc;

O maior erro que uma pessoa comete na vida sentimental

Se você não está entendendo, deixa eu explicar melhor:

– Se eu queria uma moça fiel, eu tinha que ser fiel;

– Se eu queria uma moça honesta, eu tinha que ser honesto;

– Se eu queria alguém em quem confiar, eu tinha que ser confiável;

– Se eu queria alguém de valor, eu tinha que me da valor;

O maior erro das pessoas nos relacionamento, e que eram também os meus, era

justamente adotar comportamentos de desvalorização, completamente errados. 

A primeira coisa que você tem que fazer se quiser ser feliz na vida amorosa é mudar seus

comportamentos que te bloqueiam.

 Vou te dar alguns exemplos: 

 – Se o sonho de uma mulher é encontrar o príncipe encantado, mas ela vive em festas e

baladas ficando com todo mundo, quando ela acha que isso vai acontecer? Nunca.

 – Se o sonho de um homem é encontrar uma moça de respeito, que o trate bem e o ame,

mas ele vive pegando todas as mulheres fáceis que encontra, quais as chances de ele

encontrar uma mulher que vale à pena no meio delas? Nenhuma.

– Se você tem o desejo de casar e ter filhos, mas se comporta promiscuamente, tendo relações

sexuais casuais ou entregando sua intimidade para o primeiro ou primeira que aparecer, me

diz onde está o seu valor? Em lugar algum.

Mas talvez alguns digam:

“Eu não faço nada disso e nunca fui feliz no amor.” 

Isso acontece porque, embora você não faça nenhum destes extremos citados, ainda assim

tem comportamentos dentro de você que sabotam suas chances de felicidade.

– Talvez você não seja uma pessoa promíscua, mas ao invés disso você tem um

temperamento muito forte e se aborrece por qualquer coisa.

– Ou talvez você tem muito ciúmes quando se relaciona com alguém.

– Ou talvez você não sabe conversar e se comunicar.

– Ou talvez o seu problema é que você se doa tanto a uma pessoa que se esquece de você, ou

seja, você não tem equilíbrio.

– Ou talvez você não saiba escolher a pessoa certa com quem se relacionar e vive errando,

escolhendo quem não presta. Aliás, quem compra meu ebook “60 dias para ser a pessoa

certa” ganha um bônus que ensina como identificar quem não presta para você.

Enfim, se você não é feliz, algum erro você comete, mas a maioria deles parte de um só:

VOCÊ NÃO SE VALORIZA O SUFICIENTE E POR ISSO VIVE ERRANDO. 

 A única saída que você tem é mudar estes comportamentos, substituindo-os pelos certos. E

meu e-book faz isso muito bem, então aproveite para aquiri-lo, se é que ainda não fez,

clicando no link abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *