in

Garoto sobrevive a ataque de 400 abelhas usando técnica de super saiyajin do Vegeta

Jovem americano é picado por mais de 400 abelhas mas sobrevive por utiliza técnica de desenho animado.

Andrew Kunz é um menino de 11 anos que passou por um momento muito complicado na qual corria risco de vida, destaca-se que ele é alérgico a picadas de insetos e foi picado por mais de 400 abelhas perigosas. Ou seja, tinha sério risco de morrer.

Devido a picadas dos insetos e ao fato de ter alergia, ele apresentava risco de morrer, mas ele optou por utilizar uma técnica de Vegeta (personagem do desenho Dragon Ball).

O pequeno aventureiro mora no Arizona (EUA), enquanto estava brincando com um amigo de atirar em um carro abandonado com um mini rifle acabou atingindo uma colmeia de abelhas que atacaram rapidamente. Nota-se que eles não sabiam que o carro estava abrigando uma colmeia de abelhas.

O amigo de Andrew conseguiu escapar e ligou para a vó Kunz, na ligação gritava em desespero:“Socorro, socorro, as abelhas vão me matar.”

Sem muita demora a equipe de resgate foi convocada, os bombeiros  Justin Baughman e Jacob Carpenter fizeram de tudo para ajudar as criança e também sofreram lesões pois levaram picadas de 100 e 30respectativamente. O primeiro bombeiro ficou conhecido como um herói pois se arriscou para salvar a vida do garoto.

“Eu o peguei pelo braço e começamos a correr. Falei para ele: ‘nós temos que sair daqui, ninguém pode nos ajudar aqui.’”

Enquanto dava entrevista para um canal de TV , Andrew falou que apenas conseguiu se salvar por causa de uma técnica utilizada pelo personagem Vegete.

Ainda falou:  “Meu nome é Andrew, mas pode me chamar de Vegeta. Com super força eu sobrevivi a mais de 400 picadas!”.

O menino relembrou que Vegeta (personagem do desenho) encontrou abrigo para se esconder e ele fez a mesma coisa. Falou que utilizou  o “ki”, termo para caracteriza a força dos saiyajins, assim o garoto conseguiu ter forças para resistir ao ataque.

Bombeiro que salvou o garoto

Foto do garoto no hospital

Foto do garoto depois que se recuperou

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

Comentários

Comentários