in

Grupo LGBTs vandalizam igrejas e pedem que cristãos sejam crucificados, na Austrália

Várias igrejas na Austrália foram vandalizadas por ativistas LGBT. Tais conflitos estão se tornando mais freqüentes no país, já que a região está decidindo se deve ou não legalizar o casamento do mesmo sexo.

De acordo com o Instituto Cristão, duas igrejas em Melbourne foram pulverizadas. Aqueles que praticavam o vandalismo chamavam de cristãos, que defendiam uma visão tradicional do casamento, “fanáticos” e que deveriam ser “crucificados”.

Também foram esboços esparsos nas igrejas, fazendo menção ao nazismo e a Hitler.

Além desse vandalismo, uma mulher cristã que apoia uma visão tradicional do casamento recebeu ameaças de morte e outra mulher perdeu seu emprego porque expressou sua oposição a mudar a definição de casamento.

A Austrália está atualmente realizando um referendo sobre se o casamento do mesmo sexo deve ser legalizado. Os residentes australianos estão participando de uma pesquisa por correspondência sobre a questão que precisa ser completada até 7 de novembro de 2017. Após esse dia, será definida a questão do casamento homossexual e a inclusão de direitos legais entre casais do mesmo sexo.

O pastor David O’Brien, líder da Waverly Baptist Church, uma das igrejas que foram vandalizadas, disse que o incidente foi “perturbador e perturbador”. O pastor Drew Mellor, da Igreja Glen Waverley, disse que os graffiti deixaram os membros seniores preocupados com a segurança. Após o incidente, a igreja emitiu uma longa declaração descrevendo sua crença em uma visão bíblica do casamento, que é a união de um homem e uma mulher.

Monica Doumit da Coalition for Marriage (Austrália) acrescentou que “uma coisa que este processo revelou é que, apesar da retórica, os ativistas não acreditam em uma sociedade tolerante onde as pessoas têm permissão para viver e deixar viver. Destinarão aqueles que não concordam com seus pontos de vista sobre boicotes ou qualquer outro tipo de punição “.

Comments

Leave a Reply
  1. O casamento foi feito para homens e mulheres mais se es se poco faz questao de casar homem con homem e mulher con mulher sabiendo que deus abomina o pecado pois deus ama o pecador mais abomina o pecado entao que se casem e vao tudo pro inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

Comentários

Comentários