in

Igreja perde mais da metade dos fiéis após declarar apoio ao casamento gay

Após seu pastor declarar que a denominação realizaria casamentos entre pessoas do mesmo sexo, a igreja ‘GracePointe’ teve um declínio na membresia.

Uma congregação evangélica de Nashville que ganhou as manchetes norte-americanas depois que seu pastor anunciou que a igreja realizaria casamentos entre pessoas do mesmo sexo agora está vendendo o terreno de seu templo e se mudando para um espaço alugado. O motivo da mudança foi o considerável declínio na membresia da igreja, após o polêmico anúncio de seu líder.

Após anunciar o apoio ao casamento gay em 2015, o Pastor Stan Mitchell da Igreja ‘GracePointe’, em Franklin (Nashville) no Tennessee, foi entrevistado pela revista Time.

Elizabeth Dias, da Revista Time, identificou a GracePointe como “uma das primeiras megaigrejas evangélicas do país a defender abertamente a plena igualdade e inclusão da comunidade LGBTQ”.

Mas o que ele pensou ser um “grande avanço” na verdade significou uma notável queda. A comunidade, que comustava ter uma frequência de mais de 2.000 pessoas em seus cultos dominicais, agora tem 800 fiéis, no máximo.

Segundo um artigo do jornal ‘Nashville Scene’, publicado em 2015, o declínio da membresia já podia ser claramente notado, logo após o polêmico anúncio de seu pastor. Tanto os membros da Junta de Anciãos da igreja quanto metade da congregação de 2.200 pessoas rapidamente decidiram sair da congregação.

“O esperado ‘final feliz’ não se materializou”, informou o jornal. “Os membros deixaram a congregação e o próprio destino da igreja está em risco”.

As mudanças, em última instância, não se limitaram aos ensinamentos sobre sexualidade. Em agosto, a Nashville Star informou que GracePointe compartilharia espaço com outra congregação progressista, agora descrevendo-se como “não apologética” e aberta ao “diálogo inter-religioso”.

Um visitante de um culto recente contou aproximadamente 240 pessoas na ocasião, apenas uma fração do número que permaneceu na época das decisões do pastor Stan Mitchell.

“O abraço público das pessoas LGBTQI e relações homossexuais por Mitchell e pela Igreja GracePointe em 2015 levou a um grande declínio de sua membresia e consequemente de sua receite [dízimos]”, informou o ‘Out & About Nashville’ em setembro. “O templo quase vazio é a prova de um êxodo dos congregantes durante dois anos”.

A GracePointe decidiu vender a capela modernista de 12.000 metros quadrados e a propriedade de 22 acres onde a igreja se reunia desde 2009. A propriedade, inicialmente anunciada em fevereiro por US$ 7,5 milhões, caiu para US$ 5,7 milhões em março e US$ 4,9 milhões em abril de acordo com registros imobiliários da cidade. O imóvel agora está sendo negociado e a venda pode se concluir até o final do ano.

A perda de mais da metade da congregação prejudicou a estabilidade financeira da GracePointe, segundo o próprio pastor Mitchell disse ao site ‘Out & About Nashville’. A congregação espera que a venda da propriedade da igreja, juntamente com o orçamento e os cortes de funcionários, melhorem as finanças.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

Comentários

Comentários