Kleber Lucas quebra o silêncio e conta o porque ele aceitou o convite do terreiro de macumba

Kleber Lucas quebra o silêncio e conta o porque ele aceitou o convite do terreiro de macumba

29 novembro, 2017 0 Por Jovens Cristãos

O Cantor Evangélico Kleber Lucas quebrou o silêncio após se envolver em uma grande polêmica na semana passada, pra que não conhece a história vamos contar ela desde o inicio.

Algum tempo atrás um grupo que se dizia serem evangélicos destruíram um terreiro de macumba em Duque de Caxias, não foi apenas uma destruição de imagens ou santos foi destruição completa do terreiro.

Após ver o que havia sido feito, os evangélicos resolveram criam uma espécie de vaquinha para arrecadar fundos para reconstruir o terreiro, pois segundo eles quem é evangélico de verdade não destruiria coisas do candomblé apenas por que é uma religião diferente.

A vaquinha arrecadou 11 Mil Reais, e foi repassado a mãe de santo dona do candomblé, a questão da vaquinha causou fúria na internet, pois muitos dos Cristãos diziam que é errado evangélico dar dinheiro para reerguer um terreiro de macumba. confira essa matéria AQUI

Após o dinheiro ser passado a dona do candomblé eles começaram a reconstruir o terreiro e quando ele estava totalmente pronto os donos do terreiro resolveram fazer uma espécie de festa para comemorar, e é ai que Kleber Lucas entra na história.

a mãe de santo e dona do terreiro resolveu de uma certa forma querer recompensar os verdadeiros evangélicos que ajudaram com o dinheiro, então ela convidou o cantor evangélico Kleber Lucas para louvar no terreiro no dia da festa de reinauguração.

após isso a internet não perdoou e bombardeou o cantor em todos os lugares e veículos de impressa e redes sociais e mais aonde você imaginar.

Confira a entrevista do cantor Kleber Lucas.

Perguntado porque decidiu participar do evento, mesmo sabendo que poderia gerar toda essa repercussão negativa, Kleber Lucas respondeu;

Minha decisão se baseou na causa. Um espaço considerado sagrado para um segmento foi violado pela violência, fruto da intolerância religiosa. A atitude de alguns líderes de outra confessionalidade no sentido solidário é a melhor resposta a esse ambiente de ódio e intolerância que está varrendo nosso país num momento que precisamos estar mais unidos.

O cantor disse que já esperava essa repercussão negativa, mas disse que foi além do que ele imaginava.

Eu esperava uma reação de hostilidade sim. Existem muitas pessoas para as quais a fé é um instrumento belicoso. Gente que não consegue conviver com quem pensa diferente delas.

 Sobre as críticas, ele também respondeu.

A negatividade nunca é agradável. Estão me ferindo muito e me fazendo repensar minha caminhada. O que posso afirmar com toda certeza é que essas pessoas não entenderam a mensagem do Cristo. Nós ainda estamos falando de tolerância quando deveríamos falar de respeito.

Quando perguntado se ele estaria recebendo algum apoio, o cantor respondeu;

Claro! Domingo quando eu cheguei no culto da Soul, a igreja toda ficou de pé, aplaudiu e disse que eu não fui lá sozinho, que estão todos comigo. A melhor parte é saber que a Igreja Batista Soul não está sozinha nessa mensagem da grande irmandade e que podemos sim fazer um Brasil melhor. Tem muita gente do bem. Tenho grandes amigos verdadeiro de outras confissões e até amigos que não acreditam em Deus e, eventualmente, são dessas pessoas que me chegam as melhores respostas, orações, gestos solidários.

O Cantor não confirmou, mas ao que tudo indica ele perdeu várias agendas depois deste episódio.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Comentários