Menina de três anos passa por maus momentos em sua festa de aniversario

Menina de três anos passa por maus momentos em sua festa de aniversario

11 julho, 2018 0 Por Jovens Cristãos

A pequena Ruya Kadir, de 3 anos, morreu nesta segunda-feira(02), dois dias depois de ter sido esfaqueada em sua própria festa de aniversário.

Ruya Kadir, que chegou aos EUA da Etiópia com sua mãe há dois anos, estava comemorando seu terceiro aniversário – com um bolo rosa em forma de boneca – quando um homem armado com uma grande faca atacou.

Ela morreu na segunda-feira, dois dias depois de ter sido esfaqueada em sua própria festa de aniversário, de acordo com o site dailymail.

Timmy Kinner é acusado de atacar crianças e adultos na festa de Ruya
Três das vítimas foram adultos, os outros são crianças
Duas crianças de quatro anos de idade, uma de seis anos de idade, uma de oito anos e uma de 12 anos de idade
Foi acusado de homicídio em primeiro grau, lesão a uma criança entre outros crimes

Estas são as primeiras fotos da menina de três anos que morreu depois de ter sido esfaqueada em sua própria festa de aniversário em Boise, Idaho, no sábado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bifituu Kadir, que deixou seu país de origem e seu marido para dar a seus filhos um futuro melhor, agora fica de luto por sua filhinha, morta na própria comunidade que deveria mantê-la segura.Ela conta que foi uma viagem muito longa, eu estava fugindo da violência, acrescentou Schawab.

A casa de Bifituu era “sempre um monumento a Ruya”, cheia de coisas que a criança amava, disse Schwab.

“Ela adorava fazer compras e vestir-se elegantemente como sua mãe”, disse ela.
“Princesas da Disney eram suas favoritas, e qualquer coisa que fosse rosa”.

Na manhã de segunda-feira, Schwab viu Ruya e Bifituu novamente, desta vez em um hospital de Salt Lake City. Ela e outros amigos íntimos estavam lá para dizer adeus à sua garotinha.

“Direi que tive muito privilégio de poder estar lá”, disse Schwab, com os olhos cheios de lágrimas.

“A mãe dela é muito forte e … a comunidade realmente a cercou para ajudá-la a passar por esses últimos momentos e ajudá-la a começar os estágios da tristeza.”
Três das vítimas foram adultos, as outras crianças: o pequeno Ruya, quatro anos de idade, seis anos de idade, oito anos e 12 anos feridos.

Kinner é americana e as vítimas são membros de famílias de refugiados da Síria, Iraque e Etiópia.

O chefe da polícia de Boise, William Bones, disse que a evidência não sugere que o ataque tenha sido um crime de ódio.

O suspeito havia recentemente convidado a deixar o complexo de apartamentos por mau comportamento, disse Bones.

A polícia acredita que Kinner pode estar tentando se vingar por ter sido convidado a deixar o complexo de apartamentos.

Ele voltou na noite seguinte e começou a atacar as pessoas, disse a polícia.
Uma outra criança ferida no ataque já foi liberada do hospital, mas algumas das sete vítimas restantes enfrentam longo caminho para recuperação, disse Julianne Donnelly Tzul, diretora executiva do IRC de Boise.

As pessoas choraram, cantaram e gritaram em apoio à comunidade de refugiados, e muitos trouxeram buquês de flores brancas para simbolizar a paz.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Comentários