Mulher é morta com tiro na cabeça e marido confessa ter atirado após receber tapa em festa de aniversário

Crime aconteceu em Manaus, na noite desta quarta-feira (7). Homem será indiciado por homicídio qualificado.

Uma jovem de 20 anos foi assassinada com um tiro na cabeça, na noite desta quarta-feira (6), em Manaus. Ione da Costa dos Santos foi baleada durante a festa de aniversário do marido Eliezio Santana Pereira, que é suspeito de ter efetuado o disparo. Segundo a Polícia Civil, ele confessou o crime e disse que reagiu após receber um tapa da esposa.

O casal comemorava o aniversário de 21 anos de Eliezio Santana, junto com amigos. Durante as comemorações, houve uma discussão entre Ione e Elezio por ciúmes. O homem teria sacado um revólver calibre 38 e atirado na esposa, que foi atinginda com um tiro no rosto.

Com ajuda de vizinhos, Elezio Santana colocou a esposa baleada em um táxi e a levou para o Hospital Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio. A vítima, no entanto, chegou morta ao hospital.

De acordo com polícia, o suspeito tentou fugir do hospital para escapar dos policiais e dos familiares da vítima. O marido foi preso em flagrante na saída do Hospital João Lúcio por PMs e levado para o 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Elezio Santana foi encaminhado para Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde prestou depoimento.

Na DEHS, o suspeito confessou para polícia que atirou na esposa porque ela teria desferido um tapa nele durante a discussão.

Relato de testemunha

Em depoimento, uma testemunha que estava na festa contou para polícia que a discussão e a briga foram motivas porque Eliezio Santana teria encarado uma mulher que passou pela rua. Após a discussão, o casal trocou agressões físicas.

Os dois estavam aparentemente embriagados e os convidados tentaram, várias vezes, separá-los. Em determinado momento da discussão, de acordo com a testemunha, o marido sacou a arma e disse para esposa:

“Pensa que eu não tenho coragem é? Fica tirando onda com bandido…”.

O marido teria exigido que a mulher o abraçasse e ficasse ao lado dele, mesmo contra vontade dela. A testemunha afirmou para polícia que Eliezio Santana sacou a arma duas vezes e apontou para esposa, mas não puxou o gatilho. O disparo teria sido realizado na terceira vez.

Ione Costa foi baleada na cabeça em casa onde também seria usada para comercialização de drogas — Foto: Adneison Severiano/G1 AMIone Costa foi baleada na cabeça em casa onde também seria usada para comercialização de drogas — Foto: Adneison Severiano/G1 AM

Ione Costa foi baleada na cabeça em casa onde também seria usada para comercialização de drogas — Foto: Adneison Severiano/G1 AM

Delegada da Mulher comenta caso

Segundo a titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), delegada Débora Mafra, o homem já responde por roubo e tráfico de drogas.

“O homicídio, suposto feminicídio, será apurado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Ela nunca registrou nenhuma ocorrência de relacionamento abusivo, mas é muito triste essa situação. Ela já deveria viver um relacionamento abusivo, mas nunca denunciou”, disse a delegada.

O relacionamento

A família da vítima revelou que a jovem mantinha um relacionamento amoroso com Eliezio Santana há cerca de dois anos e o casal tinha uma filha de três meses. Ione Costa deixou mais três filhos, de outro relacionamento: um menino de dois anos, duas meninas de quatro e um de oito.

“Ele tirou a vida de uma mãe. Deixou as crianças sem mãe. Quero que ele apodreça na cadeia”, desabafou a mãe da vítima, a dona de casa Maria Cristina, de 52 anos.

A jovem nunca tinha relatado à família ter sofrido violência doméstica, mas os familiares desconfiavam do comportamento de Eliezio Santana.

“Quando ela ia na minha casa, ele ficava esperando ela do lado de fora. Eu sentia que tinha algo errado com ele”, comentou a mãe da vítima.

Eliezio Santana já tinha sido preso anteriormente por tráfico de drogas e a casa onde o crime ocorreu seria usada para traficar entorpecentes. Ele será indiciado por homicídio qualificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *