O que a biblia diz sobre? relações e Casamento

Desde o capítulo cinco  Paulo fala aos coríntios sobre as desordens morais na igreja. Neste capítulo ele parece responder a questões levantadas em uma carta que recebeu, e que nos é desconhecida. Como o apóstolo vem falando sobre pecados sexuais, provavelmente está respondendo alguma pergunta sobre como proceder, já que todos nós somos seres dotados de sexualidade. O assunto, portanto, não é casamento, mas é como ter uma sexualidade sadia e pura diante de Deus.

1 – A sexualidade deve ser exercida dentro do casamento (vv. 2-5)

O casamento é a resposta para os desejos sexuais que são naturais aos homens. Desde o princípio, na Palavra, o texto diz que o homem e a mulher estavam nus e não se envergonhavam (Gn 2.25). O casamento instituído por Deus tem 4 características:

A – O casamento é monogâmico (v. 2) – Paulo fala que a união sexual com uma outra pessoa é como se tornar membro dela (5.15), baseado no princípio do casamento (Gn 2.24). Assim, ter mais de um parceiro não é remédio contra a impureza, mas um alimento para esta.

B – O casamento é heterossexual (v. 2) – “Cada um tenha sua própria esposa. Cada uma tenha o seu próprio marido”! O contraste é nítido. O homem tem uma mulher e a mulher tem um homem. Foi assim desde o princípio: “homem e mulher os criou” (Gn 1.27). Não achou-se uma auxiliadora que lhe fosse idônea, e então, Deus fez uma mulher e não outro homem (Gn 2.20-22) e Adão gostou!

C – O casamento é um relacionamento altruísta (vv. 3, 4) – Mesmo ao usar no versículo 2 o verbo “ter”, parece que Paulo coloca essa posse como uma responsabilidade e não um direito de uso. É comum corrermos atrás de nossos direitos e condicionar os nossos deveres ao cumprimento por parte do cônjuge. Mas aqui Paulo não fala de cobrança, fala de dívida! Temos o dever de ceder ao cônjuge o nosso corpo!

D – O casamento é um relacionamento com Deus (v. 5) – Como temos falado, a sexualidade é natural ao ser humano. Também vimos que deve ser exercida somente dentro do casamento. A privação da atividade sexual é permitida em um único caso, e mesmo assim tem alguns cuidados que devem ser tomados: “consentimento mútuo” – os dois aceitam; “por algum tempo” – é limitado a um período; “para vos…” – continua com um propósito em conjunto; “dedicarem-se à oração” – comunicação com Deus. Mesmo com esse afastamento das atividades sexuais, ainda será necessário a volta mais tarde. Senão Satanás tentará justamente nas nossas necessidades sexuais!

2 – A sexualidade deve ser controlada sem o casamento (vv. 6-9)

Paulo, através de sua experiência, nos mostra que é possível controlar sua sexualidade. Ele tem convicção disto a ponto de aconselhar o celibato, não só aos solteiros, mas também aqueles que já passaram pela experiência do casamento, os viúvos (v. 8)! Esse conselho está baseado na preocupação de Paulo com a imoralidade sexual e com o controle da sexualidade humana (v. 6). Mas ao mesmo tempo ele reconhece que as pessoas são diferentes. E que essas diferenças são dons concedidos por Deus e, por isso, não podem entrar em contradição com a Sua vontade. Estará sempre dentro da Palavra de Deus (v. 7). Mas a solução, enfim, para aquele que não consegue se controlar é o casamento, nos moldes divinos, expostos já nos primeiros versículos deste capítulo (v. 9).

Conclusão

Deus criou cada um de nós dotados de sexualidade, e tem nos dado condições de viver de modo sadio, usando-a para Sua própria glória. Glorifiquemos, pois, a Deus com o nosso corpo, seja como casado, viúvo ou solteiro. Mas não demos espaço para a imoralidade habitar em nosso meio.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Hey there!

Forgot password?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Close
of

    Processing files…