Cinco cristãs morreram após um jihadista fazer disparos com um rifle contra is fiéis que saiam da igreja na cidade de Kizliar, no Daguestão, região semiautônoma no sul da Rússia.

O padre da igreja ortodoxa de Kizliar, conta que o ataque aconteceu depois de uma missa de Maslenitsa – que marca o início da Quaresma no calendário litúrgico ortodoxo – neste domingo (18). “Foi quando o povo começou a sair”, relata, “Logo após escutar os disparos, fomos a fechar as portas para que [o atirador] não pudesse entrar. Ele portava uma arma e uma faca”, testemunhou.

O homem, cujo nome ainda não foi revelado, acabou morto pelas forças de segurança em uma troca de tiros. Ele tinha 22 anos e estava acompanhado por uma mulher, que fugiu do local e está sendo procurada pela polícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome