Tiroteio na Avenida Brasil deixa um PM morto e outro baleado

Tiroteio na Avenida Brasil deixa um PM morto e outro baleado

10 julho, 2018 0 Por Jovens Cristãos

O soldado do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) Rodrigo Passos Soares, de 29 anos, morreu, na madrugada desta terça-feira, após ser atingido durante uma troca de tiros com três criminosos na Avenida Brasil. O confronto foi na altura do Favela do Timbau, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio. Na mesma ocasião, um bandido também morreu. Outro PM e outro criminoso ficaram feridos.

O caso ocorreu por volta das 1h30. Os PMs faziam um patrulhamento na Avenida Brasil quando, na altura da passarela 7, tentaram abordar uma motocicleta BMW com dois homens. De acordo com a PM, um deles estava com um fuzil e abriu fogo contra os agentes, que revidaram.

O ocupante de um Fiat Fiorino, que dava cobertura à moto e estava armado com um fuzil e uma pistola, também atirou contra os PMs. Durante o confronto, o soldado Soares foi atingido no peito e não resistiu ao ferimento. Já o sargento Botelho foi ferido por três tiros. Ele foi operado no Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), também na Zona Norte, e seu estado de saúde é estável.

Um dos bandidos baleado morreu no HFB. Com ele foram apreendidos um fuzil AK-47 e uma pistola CZ. A moto BMW, que era roubada, foi recuperada pelos policiais. Por volta das 4h50, a PM recebeu uma informação de que um homem dera entrada baleado no Hospital estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ele foi identificado como um dos bandidos que estava na moto e trocou tiros com os policiais. O suspeito está internado sob custódia. O bandido que estava no carro conseguiu fugir.

O soldado Soares é o 59º PM morto no Estado do Rio somente em 2018 — sendo 15 em serviço, 37 na folga e sete eram reformados/reserva. Em seu perfil no Twitter, a corporação lamentou o morte do agente: “Com profundo pesar informamos a morte de mais um policial militar, o soldado Rodrigo Passos Soares, do BPVE, atingido durante uma troca de tiros com criminosos, na Av. Brasil”.

O pai e alguns parentes do soldado estiveram no Instituto Médico Legal (IML), nesta manhã. De acordo com a PM, Soares estava na corporação havia quatro anos e deixa esposa — ele não tinha filhos. O enterro do agente será às 16h desta terça-feira, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Comentários