Tite confirma a volta de Marcelo ao time titular do Brasil contra a Bélgica

Tite confirma a volta de Marcelo ao time titular do Brasil contra a Bélgica

5 julho, 2018 0 Por Jovens Cristãos

Kazan – Tite manteve a coerência e não fez mistério a respeito da escalação do Brasil na partida contra a Bélgica, sexta-feira, na Arena Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo. O treinador confirmou o retorno de Marcelo à equipe titular, na vaga que foi ocupada por Filipe Luis contra o México. Ele também destacou que, como esperado, Fernandinho jogará no lugar de Casemiro, suspenso.

O técnico destacou a qualidade individual da Bélgica, o poder criativo dos jogadores, e apostou em uma grande partida na sexta-feira. Quanto à decisão de trazer Marcelo novamente para a equipe, Tite explicou que não poderia tirá-lo dos titulares por causa do problema nas costas que sofreu ainda na partida contra a Sérvia.

– Conversei com os dois, Marcelo e Filipe Luis. Marcelo saiu por um problema clínico e não voltou contra o México por um problema físico. Filipe Luis foi muito bem, existe a competição entre os dois, mas por critério volta o Marcelo – destacou.

Tite ainda defendeu a permanência de Gabriel Jesus por mais uma rodada na Copa do Mundo. Novamente, ressaltou a parte tática desempenhada pelo atacante do Manchester City e ainda destacou a postura de seu reserva, Roberto Firmino.

– A versatilidade do Gabriel nos permitiu ajustar a equipe em cima das características que ele tem. Eu vou fazer uma confidência. Depois do jogo contra a Sérvia, dei um abraço em cada um. Cheguei para o Firmino e disse “cara, você merecia ter entrado, pelos dois jogos que você fez, mas tenho de ler as necessidades do jogo”. Ele respondeu “professor, estou feliz para caramba”.

Outros tópicos da entrevista de Tite:

Paulinho vai para o jogo?

“Paulo saiu no último jogo porque tomou uma pancada. Estava com dificuldades. Pra quem está na seleção brasileira, às vezes eu olho para o banco e penso: ‘Só tem fera’. Fernandinho vai jogar. Marquinhos pode jogar ali também. Acho que o primeiro jogo no profissional, um classico contra o Palmeiras, ele jogou de volante. Já jogou assim comigo”.

Confiança da torcida

“Em um momento da minha carreira procurei conversar com profissionais da área por quem tinha admiração. Carlos Bianchi disse pra mim: uma das grandes virtudes de uma grande equipe é ser mentalmente forte e ter a capacidade de ser equilibrada. Aquilo ali ficou marcado. Estou falando isso pra que tenhamos bom senso e possamos passar pra eles: nem euforia, nem medo de perder”.

Cobrança de pênaltis

“Batida de pênalti é o cão, cara. Pra mim, técnico de futebol, um jogo não poderia terminar em penalidades maximas. Nao vejo ali um atributo que te credencie. Outra forma, nao sei. Mas treina-se, sim, porque batida de penalti é uma técnica desenvolvida e associada a controle emocional”.

Nível da Bélgica

“O poder criativo deles é muito forte. É uma qualidade que eles têm. Vai ser um grande jogo. Duas equipes que primam pelo futebol bonito, com suas características de cada um. Tem grandes valores individuais, um grande técnico, vai ser um grande jogo”.

Crescimento de Neymar

“Não precisa ser muito capacitado pra saber que ele teria seu crescimento. Nós acompanhamos o trabalho dele. Ele sabe o preço que pagou pra chegar aqui, com lesões, os momentos que se privou pra investir nessa evolução. Uma sequência de jogos era necessária, eu sabia porque é um pouquinho da experiência de atleta que fui. O tempo vai te permitindo isso. E ele foi mais rápido, porque é um jogador de excelência”.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Comentários