Vídeo “Pastora” usa a Bíblia para defender o aborto no STF

Após cerca de 12 horas de exposições, terminou o segundo dia da audiência pública no STF que debateu a legalização do aborto. Para os analistas, o debate foi desequilibrado, uma vez que a maioria dos pronunciamentos foi favorável à legalização do aborto.

Como a escolha de quem falaria é do Supremo ficou evidenciado que havia um viés. A parte da manhã foi reservada aos líderes religiosos inscritos. Alguns, como a federação budista e uma entidade afro acabaram não aparecendo para falar.

Quando o rabino Michel Schlesinger assumiu a tribuna para falar em nome da Confederação Israelita do Brasil, afirmou que havia justificativa bíblica para eliminar o nascituro em outros casos além dos previstos na lei brasileira (incesto, gravidez na infância, etc.).

A ONG Católicas pelo Direito de Decidir, que não tem nenhuma ligação oficial com a Igreja Católica tentou alegar que a Santa Sé “poderia mudar sua posição sobre o aborto como o fez com a questão da pena de morte”. Contudo, o argumento de sua representante, Maria José Fontelas Rosado Nunes, não se sustenta, pois o papa Francisco já comparou mais de uma vez o aborto ao que os nazistas faziam, mas agora com “luvas brancas”.

Surpreendentemente, a pastora luterana Lusmarina Campos Garcia, do Instituto de Estudos da Religião usou a Bíblia para tentar justificar o aborto. Entre seus argumentos, disse que falava “numa leitura hermenêutica das Escrituras a partir da perspectiva de gênero”.

Usando trechos de Êxodo e Números fora de seu contesto, deturpou o trecho conhecido do Salmos 139 sobre Deus formando a vida no ventre da mãe. “O aborto não é condenado na Bíblia, pois não é considerado nem pecado, nem crime”, insistiu, acrescentando que “não há determinação bíblica de quando a vida começa”.

Lusmarina disse que o texto do 5º mandamento, o “Não matarás”, é uma flagrante distorção do texto bíblico, não podendo ser usado para um feto. Disse ainda acreditar que “as religiões deveriam aceitar o aborto”.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Hey there!

Forgot password?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Close
of

    Processing files…