Possivelmente todos temos para contar uma história de amor que envolve decepção. Muito tempo investido no relacionamento que parecia ser o adequado, mas que desandou. É inevitável experimentar a dor e a frustração em situações assim. Porém, há pessoas que acabam alimentando um medo quase irracional de se apaixonar novamente, ficando presa a esse passado.

A dificuldade de voltar a confiar em alguém não é positiva. A pessoa começa a evitar se envolver emocionalmente, mesmo depois de haver superado a separação. Tudo pelo temor de que a decepção se repita, que esse seja o padrão dos relacionamentos futuros.

O primeiro passo para enfrentar esse tipo de problema e trabalhar a confiança em você mesmo e num futuro parceiro é entender que não é porque um relacionamento chegou ao fim de forma abrupta e inesperada que não alberga experiências positivas. Quando você conseguir superar a sensação de abandono e reencontrar seu equilíbrio, conseguirá identificar o que melhor funcionou nessa vida a dois, mesmo que não tenha durado para sempre.

Reviver os bons momentos é importante para compreender que nem todo o investimento afetivo foi em vão. Além disso, é importante entender que, de acordo com os especialistas, costumam sofrer mais aquelas pessoas que idealizam o parceiro e acabam ignorando os pontos negativos da personalidade da pessoa e da convivência.

O caminho para dar a volta por cima passa por compreender todas as características do relacionamento e evitar cometer os mesmos erros.

Confira 5 dicas para ajudar no processo de reflexão e a recuperar a confiança no amor:

1) Comece trabalhando sua autoconfiança

Você precisa se sentir pronta para uma nova relação, com vontade de conhecer alguém legal. Para isso, retome a confiança em você, em seus encantos e nas suas qualidades. Você precisa desejar que o relacionamento funcione e estar disposto a lutar por ele.

2) Antes de mirar, pense no que você necessita

Quando retomar o amor próprio e a autoconfiança, é importante que aprenda a se escutar; saber quais são seus desejos e necessidades quando se fala de uma vida a dois.

Então, comece a soltar as amarras do medo e olhe a seu redor. Você pode ser surpreendido pelo desconhecido.

3) Deixe de lado os estereótipos

Conhecer a essência de uma pessoa leva tempo, e para que um relacionamento tenha a chance de mostrar todo o seu potencial é importante que não seja construído em cima de estereótipos.

Nem sempre repetir um padrão é a melhor escolha. Por isso, reflita sobre os desencontros e conflitos do relacionamento anterior, e tente encontrar alguém que reaja de forma distinta naquilo que é fundamental para você.

4) Dê tempo ao tempo

Não tenha pressa. Desfrute de cada etapa, porque há encantos que são próprios e específicos de cada fase do processo de conquista.

E não caia na armadilha de acreditar que encontrar um parceiro deve ser o centro da sua vida. Você somente estará preparado para viver um relacionamento pleno quando encontrar o caminho para ser feliz consigo mesmo.

5) Peça conselhos

O amor e a ansiedade de entrar de cabeça num novo relacionamento pode deixar a pessoa “cega”. Por isso, sempre vale à pena conversar sobre os seus sentimentos e suas expectativas com alguém de confiança, deixando-se aconselhar. É uma boa estratégia para evitar excessos ou para não cair em ciladas.

Para você que tem um problema sentimental, mande mensagem no WhatsApp para o Terapeuta da Vida Sentimental

Apostolo Palhuca 11 9 9778-5980

Ou compareça no endereço:  Avenida Celso Garcia 1515 – Brás – SP – Brás – São Paulo

Escute agora mesmo ao vivo o Apostolo Palhuca pela web radio Sinais Music ????

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome